A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasAnatel alerta gigantes do comércio eletrônico sobre produtos piratas

Anatel alerta gigantes do comércio eletrônico sobre produtos piratas

Os presidentes das maiores varejistas do comércio eletrônico do país, como Magalu, Mercado Livre, Carrefour, Americanas e outras cerca de 15 empresas, receberam um alerta da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para o combate à pirataria.

De acordo com a coluna Painel S.A, do jornal A Folha de S. Paulo, o órgão estuda endurecer as medidas sobre os marketplaces que abriguem ofertas de produtos de terceiros que não passaram pelo processo de homologação e verificação técnica oficial do regulador, como celular, carregador e decodificador de TV pirateados.​

No comunicado, que foi enviado aos executivos na sexta-feira (21), a agência recomenda que as empresas donas de marketplaces imediatamente adotem medidas e tecnologias capazes de impedir a oferta de produtos de telecomunicação irregulares em suas plataformas.

Ainda de acordo com a publicação, o escrutínio da Anatel sobre os marketplaces vai focar os parâmetros de segurança dos consumidores e de direitos autorais, que leva prejuízo aos produtores de conteúdo, como as plataformas de TV por assinatura.

Para ilustrar a gravidade da situação, a Anatel relembrou tragédias de consumidores que se feriram ou morreram por choque elétrico usando celulares e baterias irregulares. ​

Dentro da agência, a avaliação é que o combate à venda de produto pirata em marketplaces é um trabalho mais sofisticado do que a apreensão no comércio físico informal. Por isso é preciso contar com o engajamento dos responsáveis pelas empresas.

Leia também: Mercado Livre anuncia investimento de R$ 4 bilhões no estado de SP

Fonte: Painel S.A., da Folha de S. Paulo



Fonte feed: E-commerce Brasil