A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasAnhanguera Ferramentas converte mais com estratégia da Nerau CX

Anhanguera Ferramentas converte mais com estratégia da Nerau CX

Imagine um e-commerce com linhas completas de equipamentos, máquinas, ferramentas, EPIs, além de uma infinidade de acessórios para uso residencial, industrial e agroindustrial: essa é a loja virtual da Anhanguera Ferramentas. Em e-commerces com tantos itens assim, muita coisa deve ser levada em conta na hora de analisar e sugerir quaisquer melhorias. E onde há muitos elementos a se considerar, o imperdoável é pecar pelo excesso.

Com tudo isso em mente, quando a Anhanguera Ferramentas iniciou os trabalhos em conjunto com o nosso time de especialistas em conversão, havia uma pergunta principal que direcionou os primeiros passos: como facilitar o processo de compra em um e-commerce assim?

Antes de qualquer ação, imersão

Sem análise por parte de todas as equipes envolvidas, é praticamente impossível compreender quais as reais necessidades de qualquer e-commerce. Aí não tem segredo: é preciso entender como se dá a relação com o público para descobrir por onde dar os primeiros passos.

Quando há muito a ser feito, um bom filtro para começar é observar o que é possível fazer para trazer resultados significativos mais rapidamente. Ou seja, quais modificações são capazes de afetar positivamente o processo de compra e podem ser executadas com mais agilidade? Não é nossa intenção detalhar etapas aqui, mas preocupar-se com o início é dar atenção ao que é prioridade. O que é inaceitável é parar por aí. Tudo bem que antes de agir é de extrema importância entender as possibilidades, mas é preciso avançar.

No caso da Anhanguera Ferramentas, para otimizar o processo de compra no e-commerce, ficou claro para o time da Nerau CX que o detalhe de produto seria ideal para o começo das análises, hipóteses e testes – isso devido ao grande fluxo de usuários que chegam à Anhanguera Ferramentas diretamente pelo detalhe. Agora sim, definida a melhor direção, vamos às otimizações.

Corrigir ou reduzir?

O que fazer quando há erros que podem comprometer ou até mesmo anular possíveis melhorias na experiência? A resposta mais óbvia: corrigir o que for preciso. A resposta mais assertiva – na verdade acaba sendo uma nova pergunta: é mesmo preciso corrigir todos esses problemas? Às vezes, é bem mais efetivo eliminar de vez o que está criando empecilhos. Quer exemplos de situações assim? Então vamos voltar à Anhanguera Ferramentas.

É claro que, nesse caso, houve correções específicas que precisaram ser realizadas antes de qualquer sugestão. Ainda assim, analisando o comportamento dos usuários, pôde-se perceber que muitas funcionalidades mais traziam obstáculos do que ajudavam quanto ao processo de compra:

O detalhe de produto antigo trazia uma seção intitulada “alerta de preço” que, além de não funcionar corretamente, servia para que o usuário sugerisse um preço menor para o produto. Em resumo, era uma distração desnecessária que atrapalhava a conversão.

“Indique este produto” era mais uma seção que não funcionava na versão antiga do detalhe de produto.

Disputando atenção com o botão “comprar”, havia um botão “adicionar à lista” que causava confusão em alguns usuários – principalmente nos casos em que o produto está indisponível.

Esses foram apenas alguns dos problemas encontrados. Mas e agora? Seria preciso corrigir tudo? Não. Em vez de dedicar esforços a corrigir erros que não ajudariam a impactar diretamente na conversão, o time da Nerau CX preferiu eliminar de vez as distrações do detalhe de produto.

Com isso, a funcionalidade confusa de “alerta de preço” foi retirada; considerando o perfil de público da Anhanguera Ferramentas, a função “indique este produto” também não se mostrou muito útil e foi removida; como não se trata de um segmento de produtos de desejo, a adição à lista de desejo – pouco usada anteriormente – era mais um elemento sobrando.

Vale destacar que, antes dessas modificações, a Anhanguera Ferramentas utilizava pop-ups e push notifications de maneira extremamente excessiva. “Melhorar” os pop-ups ajudaria a otimizar resultados de algum modo? Mas o esforço valeria a pena? Já que estão atrapalhando a experiência e criando distrações, o que aconteceria se essas notificações de push e pop-ups fossem removidos?

É claro que nenhuma decisão dessas é tomada na base de achismo. Depois de muita imersão e das análises de cada equipe envolvida nas otimizações, a simples remoção dessas distrações na Anhanguera Ferramentas resultou no aumento direto de 20% na taxa de conversão.

Saber o que remover pode render seus melhores resultados

“Mas deixar de corrigir erros pode melhorar minha conversão?” – a resposta é sim, desde que você saiba onde não vale a pena dedicar esforços. É por isso que é essencial trabalhar em conjunto com especialistas. A Nerau CX é um exemplo de equipe focada especificamente na taxa de conversão do seu e-commerce. Para a Anhanguera Ferramentas, os resultados de todas as modificações apenas na página do produto já foram muito expressivos:

+42% de faturamento mensal

+40% na taxa de conversão

+59% no número de transações

Não há fórmula mágica. Para otimizar os resultados do seu negócio online é necessário atentar-se aos mínimos detalhes. Quer ter mais lucratividade com o seu e-commerce? A melhor maneira de conquistar isso é vivenciar uma rotina de testes e hipóteses. Esse foi o caminho para a Anhanguera Ferramentas, por que não seria o seu?

Leia também: B2W passa a entregar smartphones em 24 horas com frete grátis.



Fonte feed: E-commerce Brasil