A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasBlack Friday: CTO da Pagar.me fala sobre tecnologia

Black Friday: CTO da Pagar.me fala sobre tecnologia

Gustavo Livrare Martins, CTO da Pagar.me, participou do E-Commerce Big Solutions Black Friday 2021 para uma aula: 3 lições para preparar a tecnologia do seu e-commerce na data mais aguardada do varejo no Brasil atualmente.

O evento é promovido pelo E-Commerce Brasil, além de ser transmitido de forma online e gratuita nos dias 20, 21 e 22 de julho. Ainda dá tempo de se inscrever, acompanhe conosco!

Lição 1: “o seu sistema é tão resiliente quanto o elo mais fraco da sua arquitetura”

“Passamos o ano todo arredondando os ciclos que dão problema na jornada do usuário, mas essa é uma armadilha muito comum”, explicou o palestrante. Para ele, além dos elementos que comumente geram transtorno, é preciso estar atento também aos elementos que normalmente funcionam, mas poderiam gerar algum gargalo com o aumento das visitas da Black Friday.

De acordo com ele, a Black Friday coloca a prova todos esses processos, mesmo os que dão certo rotineiramente. A dica do executivo é prestar atenção em todas as etapas da jornada, principalmente os gargalos no ciclo de vida dos usuários, pois são esses os pontos fracos que não estão sendo vistos.

“Pode ser que o cadastro, por exemplo, tenha suportado o crescimento orgânico do e-commerce o ano todo, mas não é o ideal para a Black Friday”, explica Livrare.

De maneira resumida, essa lição engloba o seguinte passo a passo:

  • Olhar para todas as etapas e analisar possíveis problemas;
  • Ter planos de contingência para as possíveis situações;
  • Não se limitem a olhar somente para dentro de casa, ver as dores e êxitos dos parceiros (dependências externas, provedores, infraestrutura, serviços);
  • Alinhar as expectativas com esses parceiros, informando o possível aumento de acessos.

Lição 2: “esteja preparado para o pior cenário”

A Black Friday é um evento em que não é possível estar preparado apenas para a média, mas também para os pontos máximos de acessos. Isso porque os consumidores na Black Friday acessam ao mesmo tempo o site, pagamentos, serviços oferecidos pelo e-commerce, podendo criar uma sobrecarga.

“Não se prepare para a média e crie mecanismos para blindar tudo o que é crítico no seu sistema”, explicou o executivo. Outra dica dada por ele nesta lição foi: “tudo o que é estático precisa de uma CDN para estar distribuído geograficamente”.

Realizar testes com antecedência também ajudam a prever os possíveis pontos de gargalo durante a data.

O usuário espera não ter que pegar fila e ter uma experiência positiva, o que inclui segurança de seus dados e meios de pagamento.

“A Black Friday não é o momento para economizar em tecnologia”, expôs o palestrante. Para ele, esse é o ponto principal que o lojista precisa ter em mente ao preparar sua estratégia para a data.

Lição 3: “escolha bons instrumentos de voo”

Livrare usou o exemplo de pilotos e aeronaves para explicar o conceito de ter à disposição ferramentas que ajudem na tomada de decisões em momento de crise.

Sendo assim, o piloto de uma aeronave precisa identificar com rapidez e de forma assertiva qualquer problema durante o voo para remediar qualquer situação irregular. O lojista de e-commerce precisa também de ferramentas, dados e informações confiáveis para consertar qualquer falha do site durante a Black Friday.

Para Livrare não é o momento de achismo. O lojista precisa estar ciente da qualidade de suas ferramentas e como elas o ajudam no processo de tomada de decisões, principalmente para um momento de crise durante o pico de vendas.

“Boas ferramentas ajudam a minimizar o impacto e reduzir o tempo de redação em situações adversas”, ele argumentou.

Visualização de tráfego, latência para finalizar a venda, APM, monitorar a saúde da aplicação, monitoramento de infraestrutura e de pressão sobre os servidores são só algumas métricas mencionadas por Livrare que o lojista precisa ter acesso rápido durante a data.

“Toda a informação conta nesse sentido e o cliente não deveria sentir a degradação do servidor antes da empresa começar a agir sobre isso”, finalizou o executivo.

Conclusão

  • Descoberta: quais os pontos fracos da empresa e trabalhar planos de contingência;
  • Planejamento: como blindar a estrutura, arquitetura e sistemas;
  • Ação e reação: minimizar o tempo de reação em caso de situações adversas.

Confira a apresentação de slides completa disponibilizada pelo palestrante:

As inscrições para o Big Solutions Black Friday continuam abertas durante todo o evento, que é gratuito e online! Acompanhe conosco durante os dias 20, 21 e 22.

Por Júlia Rondinelli, da redação do E-Commerce Brasil. 

Leia também: Dicas para evitar a retenção de estoque na Black Friday 2021.



Fonte feed: E-commerce Brasil