A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasCacau Show investe em multicanalidade com e-commerce e aplicativos

Cacau Show investe em multicanalidade com e-commerce e aplicativos

Impactada pela pandemia da Covid-19 que chegou ano passado no Brasil, a Cacau Show, grande varejista de chocolates, precisou se reinventar. A marca apostou na multicanalidade  e fortaleceu o seu e-commerce. A rede investiu em diferentes pontos de contato e comunicação com seus clientes e possibilitou que o produto chegasse em ainda mais pessoas, onde talvez as lojas físicas não conseguissem atender ou oferecer a experiência de marca no consumo in loco pela distância. 

Atualmente, é possível realizar uma compra de produto Cacau Show no e-commerce da marca, pelo WhatsApp da loja mais próxima, Delivery Direto, Venda Direta, e aplicativos de entrega como o iFood. 

Loja da Cacau Show
Cacau Show apostou na multinacanalidade

A plataforma de e-commerce da marca está diretamente ligada à algumas lojas. Atualmente são mais de 1.800 lojas associadas à plataforma, fazendo a distribuição dos pedidos entre os franqueados que tem estão mais próximos ao endereço de entrega. 

Leia também: Vendas multicanal: o segredo para escalar sua empresa

Além da loja online, a Cacau Show fez parceria com o aplicativo iFood e alavancou vendas.  Só em 2021 foram realizados mais de 700 mil pedidos pela plataforma.

Venda Direta

A Venda Direta é um grande canal de atendimento da Cacau Show, que inclusive foi como a empresa teve início, em 1988, antes de ingressar no mundo das franquias. 

A modalidade de venda foi retomada em 2015 e, atualmente, conta com mais de 45 mil revendedores ativos e o faturamento desse canal deve representar 10% do faturamento do ano, sendo que, na Páscoa, chegou a representar mais de 15% com picos de 20% das vendas em alguns dias. 

A Cacau Show ainda implementou, nos últimos anos, o delivery direto, uma plataforma de venda que possibilita que a compra diretamente da loja mais próxima do endereço de entrega. A loja é localizada via CEP e o pedido é direcionado automaticamente ao consumidor.

 

 



Fonte feed: E-commerce Brasil