A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasChina promete melhorar logística em zonas rurais para aumentar consumo

China promete melhorar logística em zonas rurais para aumentar consumo

A China afirmou que vai melhorar o sistema de logística de entrega nas zonas rurais para facilitar o fluxo de produtos agrícolas para as famílias urbanas e de bens de consumo para as zonas rurais, como parte dos esforços para impulsionar a vitalização rural, aumentar as receitas dos agricultores e liberar a demanda de consumo rural, de acordo com uma decisão de uma reunião executiva do Conselho de Estado presidida pelo primeiro-ministro, Li Keqiang, na quarta-feira (14).

“A expansão dos serviços de logística, especialmente as entregas rápidas, para as zonas rurais é uma tendência evidente. Isto impulsionará tanto o consumo rural como a venda de produtos agrícolas”, disse Li.

Desta forma, o desenvolvimento integrado do comércio eletrônico e da logística de entrega nas zonas rurais será impulsionado. A abordagem Internet Plus será empregada para alinhar melhor os mercados urbanos e companhias de logística com as famílias agrícolas e cooperativas rurais.

O governo chinês afirmou que vai melhorar a logística nas áreas rurais do país

Os serviços especializados de entrega de produtos agrícolas e as instalações de processamento e armazenamento da cadeia fria serão desenvolvidas. Tudo isto ajudará a impulsionar as vendas de produtos agrícolas e sobretudo apoiará o desenvolvimento dos setores típicos locais nas zonas rurais que acabam de sair da pobreza, segundo a Agência Xinhua.

Os esforços para cobrir todas as aldeias administrativas com serviços de entrega serão impulsionados com base nas condições locais. Será realizado progresso mais rápido para reforçar os elos fracos de infraestrutura da logística de entrega rural.

Nas zonas rurais do leste e centro da China, o papel das forças do mercado será aproveitado melhor e as empresas serão dirigidas para estabelecer pontos nas aldeias, a fim de proporcionar melhores serviços de entrega nas zonas rurais.

Nas zonas rurais do oeste da China, os fornecedores de serviços postais terão que desempenhar plenamente seu papel básico na parte final da entrega e cooperar mais estreitamente com os setores como entregas rápidas, fornecimento e comercialização, para estender os serviços de entrega a mais aldeias.

“Além de apegar-se a métodos orientados ao mercado e ao desenvolvimento competitivo, também devemos dar mais ênfase na prestação de serviços públicos. Será proporcionado apoio para melhorar a infraestrutura relevante nas zonas rurais”, disse Li. “A reforma das funções governamentais também deve ser impulsionada constantemente para garantir uma concorrência justa.”

Ainda segundo a agência, a reforma das funções governamentais no setor de entregas será aprofundada. As restrições injustificadas e desnecessárias serão eliminadas. O desenvolvimento de serviços no último quilômetro da entrega será estimulado.

As instalações existentes nas aldeias serão utilizadas ao se desenvolver estações de serviços integrados de logística de entrega a nível de aldeia, para assim reduzir com eficácia os custos do último quilômetro dos serviços de entrega nas zonas rurais.

Leia também: China expandirá zonas experimentais de comércio eletrônico transfronteiriço

Fonte: Agência Xinhua



Fonte feed: E-commerce Brasil