A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasComo ficar longe dos problemas da Black Friday

Como ficar longe dos problemas da Black Friday

De acordo com dados da 43ª edição do Webshoppers, o mais amplo relatório sobre e-commerce do país elaborado semestralmente pela Ebit|Nielsen — em parceria com a Elo, em 2020, a Black Friday se consolidou como a data mais importante para o e-commerce brasileiro, com faturamento de R$ 87,4 bilhões, um aumento de 41% em relação a 2019. Se os números pré-pandêmicos já eram atraentes, o lojista pode continuar otimista para as vendas em 2021.

Após o Dia das Crianças, lojistas de todos os segmentos e clientes empolgados com promoções se juntam no frenesi da espera pela Black Friday. Para os consumidores, é a grande oportunidade de comprar algo desejado há tempos, só que em um preço mais atrativo. Para os empreendedores, é uma oportunidade de ouro de vender muito e atrair novos clientes. Mas, para que essa conta dê certo, a empresa precisa estar 100% preparada para se antecipar na corrida com a concorrência.

Além dessa ser uma data muito esperada em tempos normais, a previsão para este ano, que ainda segue em pandemia, continua grande. E, como diz o velho ditado, enquanto uns choram, outros vendem lenço. É nessa ideia que as empresas precisam focar, pensando um passo à frente e entendendo o desejo do consumidor nesse momento: um período ainda com restrições e com data próxima ao Natal.

Principais problemas durante a Black Friday

Para o lojista, o principal problema é, sem dúvida, o abandono de carrinhos, que acontece geralmente em virtude do valor do frete, além do longo tempo para a entrega da encomenda.

“O processo preparatório para a Black Friday precisa ser bem anterior às datas de anúncios das promoções. O lojista precisa criar um plano de logística inteligente para atender a alta demanda específica desta data”, conta Fábio Garcia, CEO da Mais Envios, empresa especializada em inteligência logística.

Como usar a inteligência logística na Black Friday

Além de driblar a concorrência, o lojista precisa entender que essa é uma grande oportunidade de ganhar novos clientes. E a melhor forma de conseguir se destacar na multidão é oferecer uma compra que deixe o consumidor feliz, e isso inclui preço e frete competitivos.

“O pós-venda também é muito importante, porque aumenta muito o volume de logística reversa nessa data. Por isso, os e-commerces precisam estar atentos à experiência do consumidor mesmo depois que recebe a informação de que o produto foi entregue”, explica o executivo

Segundo Garcia, a Black Friday também é a oportunidade de ouro para estreitar relacionamento com os clientes mais antigos, oferecendo promoções e cupons.

Pensando nisso, o CEO da Mais Envios reuniu sete dicas para esse evento ser a porta de entrada de novos clientes para as empresas:

  • Planejamento: comece a preparar a Black Friday da sua loja com bastante antecedência. Invista em treinamentos específicos para sua equipe, veja quais produtos podem receber um desconto maior ou as promoções que agradem aos consumidores e ao caixa da empresa. Vale até uma espiada na concorrência para avaliar as opções!;
  • Controle de estoque: um tópico que não pode faltar no planejamento é o estoque. Afinal, de nada adianta oferecer um desconto encantador e não ter a quantidade ideal desse produto armazenada;
  • Informações específicas: o cliente que compra em loja virtual confia no site que está acessando e nas informações que ele passa. Por isso, use fotos atrativas dos produtos, dentro e fora da embalagem e em uso, se possível. Liste tamanho, cor, peso e todos os detalhes na descrição do item, para que a compra seja certeira e para que o consumidor não se sinta enganado quando receber sua encomenda;
  • Inteligência logística: para ter frete e prazos atrativos, o empreendedor precisa ter uma empresa de confiança. Na +Envios, o lojista consegue, em uma única plataforma, reunir informações de gestão, sistema de pré-postagem e atendimento VIP 24 horas, tão importante durante a Black Friday.
  • Abandono de carrinhos: o marketing não deve ser apenas para atrair um primeiro clique ao seu site. Invista em ações call to action para recuperar os carrinhos abandonados e conseguir finalizar as vendas.
  • Logística reversa: utilize ferramentas que facilitem esse processo. A +Envios oferece o Tracking, o rastreio personalizado com envio das informações para o WhatsApp do consumidor, que funciona tanto para a compra como para a logística reversa. No caso de imprevistos, entra em ação o desembaraço de cargas, com acompanhamento simultâneo pelo lojista e pelo cliente. Isso transmite segurança e confiabilidade para o consumidor, que não se sente ‘abandonado’;
  • Pós-vendas: deixe sua equipe treinada e a postos para excelência no atendimento ao consumidor. Mantenha contato com o cliente e crie um relacionamento com ele. E, claro, ofereça ofertas tentadoras para que ele volte logo!
  • “Seguindo essas dicas e investindo no trabalho de inteligência logística, os lojistas conseguem fidelizar seu público pelo bom atendimento pós-vendas e ainda otimizam seu tempo com ações para fazer sua empresa crescer”, finaliza Garcia.

    Basta colocar essas dicas em prática para conseguir ter sucesso em uma das datas de maior movimentação no e-commerce em todo o mundo! Para conhecer a inteligência logística e todos os outros serviços oferecidos pela +Envios, acesse www.maisenvios.com.br.

    Leia também: Maioria dos brasileiros planeja comprar na Black Friday em 2021, aponta Google



    Fonte feed: E-commerce Brasil