A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasDHL compra 12 aviões cargueiros totalmente elétricos

DHL compra 12 aviões cargueiros totalmente elétricos

A DHL Express, fornecedora mundial de serviços expresso, e a Eviation, fabricante de aeronaves elétricas com sede em Seattle, nos EUA, anunciaram que a DHL é a primeira a encomendar 12 aviões Alice eCargo, totalmente elétricos.

Com este compromisso, a DHL pretende estabelecer uma rede elétrica e dar um passo rumo à aviação sustentável. O Alice da Eviation permite que as companhias aéreas – tanto de carga quanto de passageiros – operem uma frota com zero emissões. A Eviation espera entregar a aeronave elétrica Alice à DHL Express em 2024.

A DHL encomendou 12 aviões cargueiros elétricos

O avião Alice pode ser pilotado por um único piloto e carregará 1.200 kg com um alcance máximo de até 815 km. A Alice irá operar em todos os ambientes atualmente atendidos por aeronaves a pistão e turbina. Os motores elétricos da Alice têm menos peças móveis para aumentar a confiabilidade e reduzir os custos de manutenção. Seu software operacional monitora constantemente o desempenho do voo para garantir a eficiência ideal.

“Acreditamos firmemente em um futuro com logística de emissão zero”, disse John Pearson, CEO da DHL Express, segundo o site especializado AeroIN. “Por isso, nossos investimentos sempre seguem o objetivo de melhorar nossa pegada de carbono. Em nosso caminho para operações logísticas limpas, a eletrificação de cada modo de transporte desempenha um papel crucial e contribuirá significativamente para nossa meta geral de sustentabilidade e zero emissões”.

A descarbonização de suas operações é um dos principais pilares do novo roteiro de Sustentabilidade do Grupo DHL anunciado no primeiro trimestre de 2021. O Grupo está investindo um total de 7 bilhões de euros até 2030 em medidas para reduzir suas emissões de CO2. Os fundos irão, em particular, para a eletrificação da frota, combustíveis de aviação sustentáveis ​​e edifícios neutros para o clima. No caminho para a meta de emissões zero até 2050, a empresa está se comprometendo com novas e ambiciosas metas.

Leia também: DHL quer usar drones em distâncias maiores para entregas entre cidades

Fonte: AeroIN



Fonte feed: E-commerce Brasil