A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasE-commerce cai 6,48% em abril, mas ainda é maior que do ano passado

E-commerce cai 6,48% em abril, mas ainda é maior que do ano passado

Apesar de uma retração de 6,48% em abril deste ano em relação a março, o e-commerce brasileiro registrou 1,70 bilhão de acessos. Por outro lado, ao realizar o comparativo anual com abril do ano passado, o setor apresentou crescimento de 17%, de acordo com o Relatório do E-commerce no Brasil, feito pela agência Conversion.

Em abril, de 18 segmentos analisados, 14 apresentaram aumento de acessos no Year over Year (YoY) e desse total, 10 apresentaram avanço superior a 15%, com ênfase para o setor de Importados (+91,72%). Na sequência aparecem os setores de Pet (+59,75%), Turismo (+51,12%), Farmácia & Saúde (+39,54%) e Moda & Acessórios (+39,16%), respectivamente. Já no comparativo mensal, apenas três setores tiveram crescimento: Moda & Acessórios, Itens Automotivos e Infantil — sendo o último com a maior taxa de +4,56%.

A pesquisa aponta ainda que no top 50 sites com maior avanço anual (abril de 2021 e abril de 2020), 9 fazem parte da categoria de Turismo.

E-commerce no celular

Mais uma vez, durante o mês de abril, o mobile foi o recurso mais utilizado para acessar os sites de e-commerces e registrou mais da metade (67%) do total de visitas. Somente no segmento de educação que o desktop se destaca.

Quanto aos dados relacionados a fontes de tráfego, o canal de tráfego direto representa 41,7% da participação das visitas, seguido pela busca orgânica com 29,1% e a busca paga com 19,8% do comércio eletrônico brasileiro.

Novas categorias analisadas

O relatório mostra dados que refletem o comportamento dos consumidores e o cenário geral do comércio digital e, agora, traz uma novidade. Até o último mês eram analisados 217 sites e 15 categorias, já desta vez, houve uma expansão e, ao todo, 589 sites e 18 categorias de consumo foram analisadas.

Os novos setores inseridos são: Ferramentas & Acessórios, com crescimento positivo no YoY de +23,86%, seguido por Itens Automotivos, com aumento de +19,89%, e Presentes & Flores, com +6,83%.

Para baixar o relatório completo, acesse a página da Conversion

Leia também: Mercado Livre anuncia investimento de R$ 4 bilhões no estado de SP



Fonte feed: E-commerce Brasil