A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasGhFly conquista conta da Prestes Construtora

GhFly conquista conta da Prestes Construtora

A GhFly, empresa especializada em marketing digital de performance, anuncia a conquista da conta digital da Prestes Construtora. O escopo de trabalho envolve o gerenciamento estratégico de marketing digital da companhia no Brasil, com foco em CRM, Criação, Social Media, Mídia e SEO. Ou seja, todos os pontos que permeiam a performance de marca (brandformace) para o público final (B2C).

O desafio da GhFly será aumentar de forma expressiva os leads e as vendas pelos canais eletrônicos da construtora, que vem passando por uma sólida transformação digital nos últimos tempos. “Como uma empresa data-driven, orientada à inteligência de dados, vamos utilizar nossa expertise para alavancar os resultados da Prestes e entregar muito mais do que conversão: a construção de um relacionamento duradouro com o público-alvo”, destaca Gustavo Hana, CEO da GhFly Network, holding que conta com a GhFly e a Adyante.

A conquista vai ao encontro das metas de crescimento da GhFly Network. Até o fim de 2021, toda a holding espera uma alta de 100% em relação ao ano passado. As projeções positivas também são impulsionadas pela expansão na América Latina – projeto que ganhou corpo em 2020 – e já representa mais de 20% da receita da companhia.

Para o gestor executivo de Inteligência Imobiliária da Prestes, Luigi Francisquini, a parceria com a GhFly é uma grande oportunidade para a construtora na prospecção, aquisição e posterior conversão de leads qualificados. “A proposta de crescimento da empresa no mercado Paranaense e a abertura da operação da companhia em novas praças exige uma estratégia digital robusta e focada em resultado” garante. Para ele, a expertise da GhFly será fundamental para, inclusive, reposicionar a marca no meio online.

Leia também: Metade dos brasileiros prefere comprar em lojas online do que físicas, aponta pesquisa.



Fonte feed: E-commerce Brasil