A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasGoogle quer atender 20 mil PMEs com 2ª edição de programa de apoio

Google quer atender 20 mil PMEs com 2ª edição de programa de apoio

O Google anunciou nesta quinta-feira (10) o lançamento da segunda edição do programa “Cresça suas vendas com o Google”. A empresa de tecnologia pretende atender 20 mil pequenos e médios empreendedores (PMEs) brasileiros até o final do ano com o novo modelo. Por meio de companhias parceiras, serão oferecidos, por exemplo, suporte nos meios de pagamento, gerenciamento de estoque e capacitação.

No ano passado, 7 mil pequenos e médios empreendedores participantes abriram lojas virtuais por meio da primeira etapa do programa, lançada em agosto de 2020. No entanto, a atualização busca ampliar o escopo de apoio, indo além da criação de pontos de vendas eletrônicos, segundo a diretora de marketing do Google Brasil, Susana Ayarza.

“Aprendemos que vender online não significa necessariamente ter um e-commerce próprio. Precisamos oferecer suportes personalizados, porque os negócios estão em níveis diferentes estágios de desenvolvimento”, comenta a representante da empresa de tecnologia.

Ayarza destaca que, apesar da meta de atender 20 mil pequenos e médios empreendedores, o “Cresça suas vendas com o Google” não tem limite de acesso ou capacidade, considerando o compromisso da empresa com o setor em meio à conjuntura de crise. “Entendemos que esses negócios têm um papel importante na geração de emprego e receita para o país, ainda mais nesse momento de pandemia. Queremos garantir que eles tenham ferramentas para navegar em tempos tão incertos para atingirem sucesso no mundo virtual”, diz a executiva.

Com isso em mente, a capacitação digital de PMEs também é contemplada no novo modelo. A importância de oferecer esse tipo de suporte foi mais uma lição aprendida pela empresa de tecnologia com a iniciativa anterior, de acordo com a gerente de Marketing do Google Brasil, Jimena Tomás. Para ilustrar, ela aponta que no ano passado, mais de 50 mil negócios demonstraram interesse, enquanto uma quantidade bem inferior completou o processo.

“O tempo médio para lançar um e-commerce é longo, são aproximadamente três meses. Por isso, estamos investindo tempo e recurso em capacitação para que o empreendedor tenha todas as ferramentas possíveis. Abrimos o leque para que a jornada seja feita com mais sucesso”, afirma Tomás.

Parcerias para PMEs

Entre as novidades da iniciativa, está a parceria com a Cielo para otimizar o recebimento de pagamentos online com condições especiais para os participantes. Além disso, os PMEs poderão ter acesso aos serviços da Tiny. As ferramentas oferecidas pela plataforma incluem emissão de notas fiscais, controle de estoque, impressão das etiquetas de envio, entre outros.

Ainda assim, a segunda etapa do “Cresça suas vendas com o Google” não deixa de lado o suporte à criação de lojas virtuais. Os empreendedores que se inscreverem poderão escolher entre os parceiros Loja Integrada, Mercado Shops e Cielo Super Loja Virtual. As plataformas oferecem templates para criação da loja on-line e permitem o cadastro de um número determinado de produtos.

A NAPP, que completa o grupo de cinco empresas parceiras do projeto, ajudará os comerciantes que possuem loja física, mas precisam de ajuda para anunciar os produtos disponíveis em estoque pela Internet. A plataforma facilita o processo ao sincronizar o preço e os produtos em estoque automaticamente, direto do sistema de gestão da loja para o anúncio do produto no Google Shopping.

Mais informações sobre o programa estão disponíveis no site g.co/CrescaSuasVendas

Leia também: Synapcom e A Liga Digital lançam curso gratuito de e-commerce para jovens de comunidades

Fonte: Broadcast Estadão



Fonte feed: E-commerce Brasil