A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasHypera Pharma e a escalada do modelo B2C

Hypera Pharma e a escalada do modelo B2C

As empresas e a indústria têm visto cada vez mais a importância e as vantagens de estar presente e fazer também vendas no online. Com a Hypera Pharma não foi diferente. Uma das maiores empresas farmacêuticas do Brasil não tem como ficar de fora do mercado digital.

E foi com esse foco que iniciou um projeto de desenvolvimento da marca. “O grande objetivo da empresa, não vou dizer que é uma transformação digital porque já temos muita tecnologia como centro e sempre pensamos nisso, mas passou a ser olhar mais para o B2C, entendendo o comportamento do consumidor”, explica Edilaine Godoi, gerente de e-commerce da Hypera Pharma.

Assim, parte do desafio era potencializar no digital marcas já muito fortes e conhecidas do público, mas normalmente compradas nas lojas físicas. Assim, há menos de um ano, a farmacêutica se uniu à Synapcom, empresa de full commerce referência no Brasil e na América Latina que viabiliza de ponta a ponta a operação de e-commerce de empresas e indústrias de diversos setores, para lançar seu e-commerce.

“Começamos com os produtos relacionados a beleza e vitaminas e agora a gente trabalha na expansão para plugar as farmácias. A fase dois é potencializar e pretendemos plugar os varejistas ao nosso e-commerce e fazendo a Hypera se tornar um marketplace, porém direcionando aos nossos clientes”, diz Edilaine. Assim o consumidor busca o produto no espaço da Hypera e a farmácia mais próxima fará a entrega.

Momento propício

O setor de farma foi um dos que mais cresceu no último ano, potencializado pelas medidas de distanciamento por causa da pandemia. Assim, o que já fazia parte de um projeto da empresa foi acelerado. “Esse projeto [de focar no B2C] já estava sendo discutido há um tempo dentro da empresa e com alguns lugares fechados acelerou e em um tempo recorde de cerca de dois meses conseguimos, junto com a Synapcom, colocar o projeto em pé”.

Segundo Edilaine, o movimento era importante porque a compra de diversos produtos desse setor são feitos com recorrência. Logo, oferecer mais alternativas e plataformas para o consumidor encontrá-los passou a ser essencial. Fora isso, o e-commerce ajuda na diversidade dos produtos.

O investimento no modelo valeu a pena. Desde junho, quando começaram as operações, os resultados têm sido bastante significativos. “O e-commerce vem crescendo entre 40% e 50 % por mês, vem dobrando de tamanho desde que foi lançado”, avalia Edilaine.

Mas além do foco no atendimento direto ao consumidor, a Hypera desenvolveu outros projetos digitais com apoio do full commerce. A empresa possui também os clubes de assinatura, que garantem descontos de até 20% e frete grátis, e projetos B2E, voltados para os colaboradores da Hypera e também de empresas parceiras que podem usufruir de diversos benefícios.

Para o futuro, além da consolidação dos projetos já em andamento, Edilaine aponta a personalização e foco nos produtos como tendência. “A próxima fase é pegar nossas grandes marcas e trabalhar para que quase todas possam ter um e-commerce próprio”.

Synapcom , líder nesse modelo no Brasil e na América Latina, desenvolve projetos de ponta a ponta para otimizar e viabilizar essas operações: do planejamento à gestão de canais, da escolha e operação da plataforma à integração do ecossistema digital, incluindo cadastro dos produtos, melhores práticas logísticas, SAC 4.0 e marketing digital. Atualmente, ajuda mais de 70 grandes empresas de diversos segmentos a vender direto para o consumidor.

Leia também: Synapcom tem crescimento de mais de 300% no primeiro trimestre e salto no número de colaboradores



Fonte feed: E-commerce Brasil