A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasM-commerce cresce 78% em 2020

M-commerce cresce 78% em 2020

O crescimento do comércio eletrônico é uma realidade inegável. Prova disso é o crescimento recorde que o setor teve aqui no Brasil em 2020, com uma expansão de 41% e 17,9 milhões de consumidores a mais, de acordo com o relatório Webshoppers realizado por Ebt | Nielsen.

Esse crescimento, por sua vez, continua. Só nós três primeiros meses deste ano o segmento alavancou 57,4% em comparação com o mesmo período do ano passado, assim aponta a pesquisa Neotrust. Novas possibilidades de comprar pela internet têm contribuído para esse crescimento, pois sabemos que hoje em dia não necessariamente precisa-se recorrer a um computador para realizar uma compra.

Pelo celular, uma das formas de consumo online que mais tem crescido, é possível escolher o produto e realizar o pagamento. Segundo o Webshoppers, o m-commerce, abreviação de mobile commerce, teve, em 2020, um faturamento de 45,9 bilhões, tendo um crescimento de mais de 78%. Esse novo hábito tende a crescer com a chegada da frequência 5G.

E o que é necessário para as vendas via mobile sigam ‘a todo vapor’ e a experiência do consumidor se torne cada vez mais fácil e satisfatória? Um canal de venda precisa ser ágil para atender a necessidade do consumidor de querer comprar naquele determinado momento.

Para que isso aconteça, a página deve carregar em menos de três segundos, tempo que as pessoas costumam esperar pelo carregamento do site. Outro ponto a se levar em consideração é a experiência de compra, pois quando um consumidor acessa um comércio eletrônico ele espera que a experiência seja tão boa quanto a do desktop ou até mesmo da loja física. Poucos cliques, menor número possível de troca de etapas e sem quebras de páginas são situações que favorecem a experiência de compra.

Um ponto bastante positivo quando se trata de compras via celular são os anúncios e alertas (pushbullets) de promoções e oportunidades personalizadas. Essa tecnologia oferecida pelos aplicativos de e-commerce, por exemplo, possibilita uma comunicação mais direta com o consumidor. As experiências personalizadas devem ser um dos grandes alvos das empresas que pretendem aprimorar seu relacionamento com seus clientes por meio do mobile.

Leia também: China amplia investigação contra gigantes do setor de tecnologia.



Fonte feed: E-commerce Brasil