A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasMadesa amplia presença digital com Raccoon

Madesa amplia presença digital com Raccoon

Com mais de 40 anos de história, a Madesa é uma empresa consolidada do setor de produção e venda de móveis do Rio Grande do Sul. Nos últimos anos, a companhia vem buscando aumentar seu espaço e influência na internet. Um dos parceiros que vem ajudando a empresa nessa empreitada é a agência de marketing digital Raccoon que ajudou a moveleira a criar seu próprio e-commerce e aumentar seu faturamento no online em 116 vezes.

Apesar da grande história, os últimos anos foram a virada de chave efetiva para o digital. O trabalho com a Raccoon começou a ser desenvolvido no final de 2019 e com a pandemia, a estratégia de digitalização se mostrou correta.

Já com a ideia de desenvolver um e-commerce, a Madesa passou a procurar parceiros que poderiam ajudar nessa operação digital e a busca acabou quando encontraram a Raccoon, uma das maiores agências de digital da América Latina. A agência botou a mão na massa e em poucos meses já tinham desenvolvido e colocado no ar a loja online da Madesa, além de dar suporte e ajuda em outras frentes necessárias para o sucesso no online.

A partir daí as vendas no online, em 2020, aumentaram em 116 vezes, em comparação com as peças vendidas anteriormente somente em marketplaces. O aumento via e-commerce próprio também se deu por conta do fechamento das lojas físicas.

Com todo esse aumento, a empresa precisou se estruturar e até mesmo contratou para suprir a demanda das vendas online. “Nós montamos equipes internas para o atendimento ao cliente. Se é por conta de uma sugestão, ele fala com um time. No caso de uma reclamação, fala com outro. Dessa forma, conseguimos dar atenção aos clientes e nos aproximamos deles cada vez mais, o que era um desejo antigo nosso”, pontua o CEO Pedro Cini, que já está na quarta geração de líderes familiares da Madesa.

Porém, a maior prova de fogo para o e-commerce veio em novembro. O desafio era continuar o bom fluxo de vendas durante a Black Friday, já considerada uma das datas mais importantes para o varejo brasileiro. Via marketplace, em 2019, a Madesa havia vendido R$80 mil em produtos. Já com o e-commerce próprio e auxílio da Raccoon, a empresa alcançou os oito dígitos em vendas. Vale lembrar que o online ainda continuou concentrando todas as vendas, já que as lojas físicas estavam fechadas por conta da pandemia.

A estratégia para chegar a esse aumento grandioso foi pensada em conjunto, entre empresa e agência. Enquanto a Raccoon garantia a atenção do público e a recepção correta nos meios digitais, a Madesa trabalhou no atendimento e, principalmente, na logística.

“Os clientes puderam comprar seus produtos na sexta e receber no domingo”, conta Cini. “Não é incomum observar problemas de entregas após datas como essas, então esse diferencial fez muito bem à marca”, completa o executivo.

Do lado da Raccoon, os resultados também são satisfatórios, ainda mais depois de desenvolver um projeto coordenado entre diferentes equipes. “Utilizamos diversos times para conseguir focar no que a Madesa necessitava. Mídia, design, CRM, analytics e social media são algumas áreas que ajudaram”, explica o líder de marketing da Raccoon para a parceria, Ramon Tranches. Além de todo o trabalho na formulação do e-commerce próprio, a presença digital foi pensada para beneficiar a relação com o público.

Outro ponto que colaborou no sucesso foi o trabalho com dados realizado pela Raccoon. Anteriormente, todo destaque no site ou nas redes sociais era feito sem uma base concreta. Agora, é possível programar os destaques e anúncios para ir de acordo com o comportamento do cliente online, com linguagem personalizada, uso de geolocalização, entre outras táticas.

Essas técnicas trouxeram mais um número favorável em 2020: o aumento de 20,2% na taxa de recompra, que foi de 0,71% em maio para 3,5% em novembro. Tais números aumentaram a projeção da Madesa que espera crescer mais — de 3 a 4 vezes só em 2021.

Leia também: Marcas e e-commerce ganham destaque durante as Olimpíadas de Tóquio.



Fonte feed: E-commerce Brasil