A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasMercado Livre anuncia investimento de R$ 4 bilhões no estado de SP

Mercado Livre anuncia investimento de R$ 4 bilhões no estado de SP

O Mercado Livre anunciou nesta segunda-feira (17) uma parceria com o Governo de SP para criação de 5 mil vagas de emprego, além de cursos profissionalizantes disponibilizados pelo Sebrae-SP e Centro Paula Souza. As iniciativas fazem parte do investimento de R$ 4 bilhões que a varejista fará no estado em 2021. O anúncio foi feito no centro de distribuição do marketplace em Cajamar, na região metropolitana de São Paulo.

“Os R$ 4 bilhões fazem parte do investimento de R$ 10 bilhões que o Mercado Livre planeja fazer no Brasil em 2021. Nos anos anteriores, os valores foram R$ 4 bilhões (2020), R$ 3 bilhões (2019) e R$ 1 bilhão (2018)”, contou Fernando Yunes, vice-presidente sênior do Mercado Livre. De acordo com ele, a razão do maior investimento ser em SP é porque o estado concentra 85% dos vendedores do Mercado Livre.

Fernando Yunes, João Dória e Patrícia Ellen no CD do Mercado Livre em Cajamar. Imagem: Divulgação Governo SP

“Atualmente, o comércio eletrônico corresponde a 11% do varejo no Brasil. Nos EUA, são 25% e, na China, 40%. O ritmo de crescimento não vai ser o mesmo depois da pandemia, mas o setor continuará em expansão”, aposta Yunes.

Este é o maior aporte privado em um ano durante a gestão João Dória (PSDB). De acordo com o governador, a expectativa é gerar 5 mil empregos diretos nas regiões de Osasco e Cajamar, na Grande São Paulo, e Louveira, no interior do estado, onde o Mercado Livre tem centros de distribuição. Os valores serão distribuídos sobretudo nas áreas de logística (cerca de 4.100), tecnologia e pagamentos.

Outra ponta da parceria é a criação de 100 mil vagas em um curso disponibilizado pelo Sebrae-SP, voltado para ensinar empreendedores a vender online. “Além disso, 350 mil empreendedores terão direito a linhas de microcrédito em condições especiais no Banco do Povo, assim como descontos nas maquininhas do Mercado Pago, bônus de crédito e capacitação no Mercado Ads”, disse a secretária de Desenvolvimento de São Paulo, Patrícia Ellen.

Também haverá direcionamento dos alunos do Centro Paula Souza de Osasco, Sorocaba, Louveira e Cajamar (onde o Mercado Livre tem centros de distribuição) para o programa ‘Minha Chance’, voltados principalmente para jovens de 18 a 24 anos, que é a faixa etária mais impactada com o desemprego na pandemia, além de aperfeiçoamento nas áreas de logísticas e tecnologia.

“Esse investimento é uma oportunidade de qualificação profissional para milhares de pessoas que desejam investir ou impulsionar os negócios usando tecnologias modernas. O curso de 40 horas vai abordar temas como marketing digital, técnicas para vender online, estratégias de atendimento e negociação”, explicou Laura Laganá, diretora-superintendente do Centro Paula Souza.

Leia também: Mercado Livre confirma possuir bitcoin em suas reservas

Por Dinalva Fernandes, da redação do E-Commerce Brasil



Fonte feed: E-commerce Brasil