A ferramenta que você procurava para vender ainda mais

  (79) 3085-9590 (R. 8429)   contato@vfast.com.br

HomeConteúdo E-commerceNotíciasPinterest e Shopify ampliam parceria

Pinterest e Shopify ampliam parceria

Para ajudar os comerciantes do mundo todo a disponibilizar seus produtos online com facilidade e responder a uma demanda crescente de consumidores globais, o Pinterest está ampliando sua parceria com a Shopify para 27 novos países. O canal do Pinterest na Shopify já está ativo nesses novos países, como Austrália, Áustria, Brasil, França, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça e Reino Unido.

Agora, mais de 1,7 milhão de comerciantes da Shopify em todo o mundo podem disponibilizar com mais facilidade seus produtos no Pinterest e transformá-los em Pins de produtos que podem ser encontrados e comprados em toda a plataforma. Os comerciantes da Shopify que anunciam no Pinterest pela Shopify também terão acesso inédito à ressegmentação dinâmica, para poderem interagir novamente com as pessoas que já demonstraram interesse em seus produtos no Pinterest.

“O Pinterest é um lugar inspirador para comprar, e nós estamos muito empolgados com a expansão da parceria com a Shopify para ajudar comerciantes em mais de 27 países a aumentar sua presença no Pinterest em todo o mundo”, disse Bill Watkins, líder global de vendas para pequenas e médias empresas no Pinterest.

Suporte para feed

O Pinterest também está lançando o suporte a vários feeds para os catálogos, um novo recurso pelo qual as empresas carregam facilmente seus produtos em vários feeds de produtos dentro da mesma conta do Pinterest Business.

Dessa forma, tanto os comerciantes da Shopify quanto qualquer outro varejista que tenha uma conta business do Pinterest podem adicionar até 20 feeds de produtos à conta, cada um com dados locais específicos, como moeda, idioma ou disponibilidade do produto.

Com o suporte a vários feeds nos catálogos, os varejistas interagem melhor com clientes do mundo todo e carregam um feed específico para cada mercado onde vendem seus produtos. Eles podem também carregar feeds para atender a diferentes estratégias de publicidade, como prospecção ou ressegmentação.

Atenção à busca

Pelo fato de 97% das principais pesquisas no Pinterest não estarem relacionadas a uma marca e consistirem em consultas de 2 a 3 palavras, a maioria dos consumidores não costuma digitar o nome de uma marca em suas pesquisas.

No Pinterest, empresas de qualquer porte têm a mesma chance de serem descobertas por mais de 450 milhões de consumidores que buscam produtos e serviços, estão abertos a todos os tipos de marcas e planejam sua próxima compra. Essa mentalidade única do público do Pinterest é uma vantagem valiosa para pequenas e médias empresas, que podem ganhar mais visibilidade em razão da relevância de seu conteúdo e da qualidade de seus produtos.

“Particularmente, as pequenas e médias empresas têm uma grande oportunidade de prosperar no Pinterest, porque se conectam com os consumidores em um ambiente positivo, enquanto eles estão no início da tomada de decisões e com muita intenção de compra”, completou o executivo do Pinterest.

Comportamento de consumo

No ano passado, os consumidores mudaram significativamente seus hábitos de compra. De acordo com o estudo da Shopify, “Future of Commerce 2021”, 84% dos consumidores globais entrevistados fizeram compras online desde o início da pandemia. Como resultado, muitos comerciantes aproveitaram a oportunidade de criar uma loja no Pinterest para oferecer uma experiência de compra online que remonta à experiência de compra na loja física, como andar pelos corredores da loja, ver coleções selecionadas dos varejistas e comparar preços.

No Pinterest, os uploads de feed do catálogo aumentaram globalmente em mais de 14x de março de 2020 a março de 2021 (Fonte: Dados internos do Pinterest).

“Considerando a profunda evolução do ecossistema varejista ao longo do ano passado, assumimos o compromisso de apoiar comerciantes de todos os portes e oferecer a eles um acesso rápido e fácil aos nossos recursos de compras, sem a necessidade de editar código nem de implantar recursos. Assim, eles podem inspirar as próximas ações ou compras dos consumidores”, conclui Watkins.

Para o lojista

“A capacidade de descoberta é a principal motivação dos comerciantes da Shopify, e o comércio social tem sido um fator determinante para ajudar as empresas independentes a conquistar públicos expressivos, particularmente durante o ano passado, quando as instalações de nossos canais de comércio social aumentaram 76%”, diz Lola Oyelayo-Pearson, diretora de UX, canais e serviços financeiros na Shopify.

“Com a ampliação do canal do Pinterest pelo mundo todo, mais de 1,7 milhão de comerciantes que usam a Shopify poderão aproveitar o poder de compra de mais de 450 milhões de usuários do Pinterest para criar campanhas de marketing direcionadas e personalizadas”, conclui a diretora.

No Brasil, marcas como Anna Prata já usaram o aplicativo do Pinterest na Shopify e tiveram sucesso. A marca de joalheria de Goiânia, com escala de produção reduzida e processo artesanal, já usa os recursos de compras do Pinterest pela Shopify para se conectar com os compradores.

“Como usuária ativa, vi no Pinterest uma oportunidade de expansão da marca, podendo atingir novos clientes, e gerar mais tráfego para nosso e-commerce”, explicou Anna Prata, CEO do Grupo Anna Prata. “Estou realmente impressionada com os resultados que já tivemos em pouquíssimo tempo, dentro da plataforma, sem contar no atendimento que é muito diferenciado”.

Os comerciantes da Shopify que anunciarem pela primeira vez no Pinterest pelo aplicativo do Pinterest para a Shopify e usarem a cobrança por cartão de crédito receberão US $100 em crédito para anúncios, um valor que será automaticamente convertido para a moeda local.

Leia também: Importados e Pets são setores que mais cresceram na pandemia no Brasil, aponta Conversion.



Fonte feed: E-commerce Brasil